Sinpol: luta constante pela valorização dos policiais civis

Um período de muitas lutas e grandes conquistas. É a avaliação do presidente do Sinpol MS, Giancarlo Miranda, sobre o último mandato (2018/2021) que se encerra agora em janeiro de 2022. “Nosso mandato termina, mas como uma categoria unida em defesa dos interesses da classe, nos manteremos firmes no propósito de melhorar a carreira, juntamente com as instituições nacionais como Cobrapol e Feipol Centro-Oeste”.

Negociação salarial – Melhores condições de trabalho e de salário sempre foram as principais pautas do sindicato. Em 2019, um marco foi a luta pela promoção funcional, que só foi concedida após ampla cobrança e adesão dos policiais a uma paralisação das atividades por 24h, incluindo panfletagem e até um bolo em alusão ao período de um ano que a categoria aguardava a publicação da promoção.

Pandemia Mundial – Em 2020, o mandato também foi marcado pela pandemia do Coronavírus e toda a consequência que a proliferação da doença trouxe à categoria que esteve na linha de frente desde o princípio. “Reivindicar EPI´s e também outros suportes que garantiriam a preservação da saúde individual e coletiva dos policiais, a diminuição e até mesmo, redução à zero, no número de presos em celas das delegacias durante o pico da Covid-19 exigiram atuação forte e decisiva do Sindicato”, relembra o presidente do Sinpol. “Precisávamos proteger a saúde da população sem prejudicar a segurança pública. Foi um período de muita negociação até conseguirmos ser classificados como grupo “Essencial” e garantir o acesso à vacina, como todo trabalhador da linha de frente mereceu”.

E não é novidade que a pandemia fez as empresas repensarem suas gestões e, com o sindicato não foi diferente. A necessidade de manter o distanciamento social e evitar a aglomeração obrigou que as assembleias – instrumento importante para os filiados expressarem suas opiniões e tomarem conhecimento das ações do Sindicato – fossem virtuais e seguramente válidas. “Adequamos rapidamente nossa forma de atuar para que mantivessemos um canal de comunicação rápido e eficiente com nossos policiais”, argumenta Giancarlo.

Valorização – Após anos de articulação junto ao Governo do Estado e com a Assembleia Legislativa, conseguimos avançar com a reestruturação da carreira dos policiais civis, estabelecendo uma nova tabela salarial e novo regramento de promoções que inclui referências entre as classes, conforme foi aprovado em assembleia geral extraordinária da categoria no Sinpol. Avanços que não excluem a continuidade da luta em assuntos que ainda norteiam as reivindicações do Sinpol: as promoções do ano de 2019 que estão em revisão pelo CSPC, a fim de que elas sejam efetivadas e os recursos feitos pelos policiais sejam providos, bem como as questões do cargo de chefia, seja no percentual e no quantitativo, explica o presidente.

Em 2020 e 2021, foi importante a atuação dos policiais civis junto ao Sindicato e entidades representativas, para cobrar dos parlamentares ações contra a PEC 32, que, sabidamente, causaria um desmonte no serviço público, além de insegurança jurídica e prejuízos à sociedade. “Foi um momento de nos unirmos em prol de um interesse maior, o da coletividade. Em MS, várias entidades que representam o funcionalismo se uniram em uma campanha em várias frentes, em uma ação também inédita no Estado”, avalia Giancarlo. “Os tempos exigem ações rápidas para um maior fortalecimento da classe e garantir melhores condições financeiras para nossos filiados. Em prol desse olhar mais global, em um momento onde os policiais vêm tendo perdas significativas no seu poder de compra, o Sindicato optou por reduzir a contribuição sindical, algo que estava ao seu poder, sem desqualificar os serviços de qualidade que prestamos aos filiados”.

Visita às delegacias – No âmbito sindical, o balanço também é positivo, afirma Giancarlo. “Conseguimos visitar várias sedes do interior, ouvir as necessidades dos filiados e, com isso, solicitar reformas para vários prédios; muitas das quais já foram realizadas ou estão com valor empenhado”, relembra Giancarlo. Unidades com rachaduras que permitiam a inundação em época de chuva, paredes recém-construídas com avarias ainda são comuns, mas lá também está o braço do Sinpol fazendo a reivindicação para garantir condições de trabalho dignas para o policial civil e um atendimento de qualidade para a população. Para o presidente do Sinpol MS, a atuação efetiva e próxima a todos policiais, seja do interior ou da capital, teve um efeito positivo: “atualmente, não há mais denúncia de condições ruins de trabalho nas delegacias. Isso se deve ao papel do filiado em nos trazer os problemas e nós, rapidamente, cobrarmos das autoridades competentes as responsabilidades e obrigações”.

Social, esporte e lazer – Por fim, desde que assumiu a presidência do Sinpol MS, Giancarlo Miranda buscou valorizar o policial civil também na parte social, criando o Baile dos Aposentados, o Baile dos Policiais Civis, a Corrida do Policial Civil, o Natal Solidário, bem como continuar com os campeonatos de futebol.

2021 foi um ano emblemático para o Sinpol. A entidade completou 30 anos e, para homenagear a data, foi editado um livro que conta a história de luta, desafios e conquistas da categoria, distribuído a todos os filiados. A redação foi feita pelo escritor Eronildo Barbosa da Silva, e co-autoria do atual presidente do Sinpol, que por meio de entrevistas, pesquisa de campo, consulta a cartórios, arquivos, jornais e revistas da época e ao acervo do Sindicato, contou sobre a gestão de ex-presidentes do sindicato e várias passagens históricas relevantes.

“Sempre vamos ter reivindicações a fazer, melhorias a buscar e é no Sindicato que o policial civil encontrará apoio para garantir a defesa dos seus interesses, o respeito que a profissão merece e a dignidade para exercer sua profissão, sempre em defesa da população do nosso Estado e cumprindo com o nosso lema, que é servir e proteger”, finaliza Giancarlo.

Fonte: Sinpol-MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *