Reforma administrativa: servidores e servidoras seguem mobilizados para derrotar Proposta

As últimas semanas tem sido decisivas para continuidade dos serviços públicos e manutenção dos direitos da categoria.  têm participado de manifestações em Brasília unidos com várias outras categorias do serviço público. 

O SINDIJUS-MS juntamente com a Fenajud, seus sindicatos filiados, centrais sindicais e demais entidades que representam trabalhadores e trabalhadoras do serviço público das três esferas – municipal, estadual e federal – estão mobilizados mais esta semana em Brasília (DF). A pressão continua e ocorre com o intuito de pressionar os parlamentares para que votem contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32, da reforma Administrativa, que foi aprovada na Comissão Especial da Câmara e aguarda votação em Plenário.

A mobilização realizada nesta terça (05) é continuidade das ações que vêm sendo promovidas nas últimas semanas. A atividade, que contou com a presença de vários sindicatos do judiciário nacional, teve início logo nos primeiros raios de sol, no Aeroporto Internacional de Brasília, às 7h. Os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público, vindos de diferentes regiões do país, manifestaram repúdio contra a reforma administrativa ao recepcionar os parlamentares e trausentes que chegavam, ecoando frases de protesto em defesa dos serviços públicos, tornando constantes a manifestações no desembarque dos parlamentares que tem funcionado como grande instrumento de pressão. 

No período da tarde, os dirigentes e os sindicatos participaram de ato na entrada do Anexo 2, na Câmara seguindo a orientação da Federação.


Já na manhã da quarta-feira (06) as delegações que vieram à Brasília se concentraram no espaço do servidor, próximo ao Ministério da Agricultura, realizando uma grande caminhada até o Anexo 2 da Câmara onde foram realizadas novas manifestações contrárias à PEC 32.

Pressão continua

O SINDIJUS-MS e a Federação têm estado em constante vigília reforçando a necessidade participação dos sindicatos de base nos protestos. As entidades ressaltam a necessidade de mobilização também nos estados. A pressão precisa ser intensificada diuturnamente em todos os meios e em todas as plataformas.

Pressione deputados e deputadas. É hora de virar o voto. Diga NÃO à PEC 32.

Confira abaixo algumas plataformas que podem ser utilizadas:

vaipiorar.com.br

naoapec32.com.br

Diga NÃO à PEC 32!

Fonte: SindijusMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *