Lázaro é baleado e morto em Goiás no 20º dia de buscas

Lázaro Barbosa foi morto após ser baleado em Águas Lindas de Goiás, nesta segunda-feira (28), no exato 20º dia de uma megaoperação que contou com mais de 270 policiais. Procurado por uma força-tarefa desde o dia 9 de junho, Lázaro foi atingido após atirar diversas vezes contra os policiais e tinha R$ 4,4 mil em dinheiro no bolso.

“Ele descarregou uma pistola, possivelmente 380, em cima do policiais”, disse Rodney Miranda, secretário de segurança pública de Goiás. Ainda de acordo com o secretário, Lázaro foi socorrido com vida, mas chegou morto ao hospital. Ele tinha 32 anos.

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia, no Distrito Federal e em Goiás. Com conhecimento de mata, Lázaro sabia se disfarçar em vegetações e fugia por rios para não deixar rastros.

Em entrevistas a jornalistas após a morte de Lázaro, o secretário Miranda afirmou que a sensação era de “missão cumprida”, após dias sem descanso da força-tarefa (assista ao pronunciamento aqui).

Uma tia de Lázaro que mora na Bahia disse ao G1 que esperava que o sobrinho fosse preso, mas que está abalada “do mesmo jeito”.

“Ele aprontou muito, cometeu crimes, mas é do nosso sangue. Em um momento da vida ele foi uma pessoa querida, então a gente sente”, afirmou a mulher, que mora em Barra do Mendes, mesma cidade onde Lázaro nasceu.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *