Hospital Cassems CG realiza o primeiro transplante cardíaco da rede Cassems

O Hospital Cassems de Campo Grande realizou na tarde desta quarta-feira (20) o primeiro transplante de coração de toda a rede hospitalar da Caixa de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso do Sul. O processo de implantação dos transplantes na unidade iniciou há cerca de dois anos quando uma equipe de médicos, coordenada pelo cirurgião cardiovascular Carlos Barbosa, se empenhou nas capacitações necessárias para a realização desse tipo de procedimento, buscando os centros especializados no Rio de Janeiro e São Paulo.

Em 2019 os preparativos se intensificaram. O processo de habilitação e credenciamento junto ao Ministério da Saúde iniciou no mês de fevereiro e, em maio do mesmo ano, a unidade hospitalar foi considerada habilitada. Em dezembro de 2019, o credenciamento foi finalizado. Para a diretora técnica do hospital, Priscilla Alexandrino, o primeiro transplante cardíaco da unidade vem para “coroar todo o esforço e dedicação das equipes de assistência em saúde e para mostrar que a rede Cassems já é uma referência em transplantes, com capacidade tecnológica e com qualidade de atendimento”.

Para o diretor de unidades hospitalares da Cassems, Flávio Stival, a efetivação dos transplantes no Hospital Cassems de Campo Grande tem como objetivo contribuir para que o número de doações de órgãos seja ampliado no Mato Grosso do Sul. “É mais uma modalidade que a unidade assume e que tem plenas condições de realizar. Além disso, é uma forma de contribuir para redução das filas de espera pelo transplante”.

Como médico cardiologista, o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, comemora a realização do primeiro transplante de coração da rede hospitalar vinculada à Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul. “O transplante consolida o nosso hospital como uma referência na assistência em saúde tanto no nosso estado quanto no país. É o resultado do trabalho de milhares de servidores públicos que acreditaram na construção do Plano de Saúde Cassems e das nossas equipes de atendimento”.

Miriam Ibanhes AssCom Hospitais Cassems

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *