Da turma que completa 36 anos, veterano da Polícia Civil relata trajetória e importância da luta salarial

Nesta segunda-feira, 03/05, a turma de 1985 da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul completa 36 anos de nomeação e o veterano Genésio Fernandes Neves, conhecido pelo nome de guerra “PC Neves”, relata sua trajetória, os avanços no aparelhamento da instituição e a luta constante por melhorias salariais, que persiste.

PC Neves foi nomeado no dia 03 de maio de 1985 e lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos DERF, que ficava na rua Montese, próximo ao Morenão. Com a criação da DEFURV, em 1988, passou a trabalhar naquela Especializada.  “Depois trabalhei na DEDFAZ,  Plantão Integrado PI, da Dom Aquino, próximo igreja São José. Com a criação da METROPOL fui trabalhar lá. Também trabalhei e me aposentei em 2007 na 5a DP hoje DEPAC Piratininga”. Atuou, ainda, no GOF, o Grupo de Operações de Fronteira, quando funcionava de forma itinerante, sem a sede própria em Dourados.

Natural de Santo Anastácio, interior de São Paulo, Genésio, recorda que muitos conterrâneos também ingressaram na PC pelo mesmo concurso público. “Entre eles, o saudoso delegado Dr. Antônio Carlos, que preparou a caravana para a prova escrita em Nova Andradina”

Integrante da “turma B” fala com carinho sobre a união e também relata o longo período de academia à época, com seis meses de duração. O curso de formação começou com 170 alunos e 131 concluíram.

Olhando em retrospecto, percebe grandes mudanças nas últimas três décadas e meia. “Na nossa época, havia na cidade 4 ou 5 delegacias. A população e o desenvolvimento de Campo Grande cresceu muito rápido, em ritmo alucinado. Hoje a Polícia Civil está aparelhada, com instrumentos tecnológicos que em nossa época nem sonhávamos. O nível de escolaridade exigido, superior, fez com que as turmas fossem mais seletivas e o processo tornou-se mais concorrido”.

O que persiste, pontua, é a luta salarial. “Todos os anos a luta é a mesma por melhores condições salariais. Quero deixar um recado a todos os policiais civis: não desistam de seus sonhos.  Vistam a camisa e agarrem com todas as forças as oportunidades que aparecerem. Juntos somos fortes e unidos venceremos. Forte abraço a todos”

Fonte: Sinpol/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *