Argentina congela tarifas de telefonia, internet e TV paga

Alberto Fernández, presidente da Argentina, anunciou nessa 6ª feira (21.ago.2020) que os serviços de telefonia celular e fixa, internet e televisão paga vão ser considerados públicos. O governante disse ainda que congelou as tarifas e possíveis aumentos serão regulados pelo Estado.

Educação, acesso ao conhecimento, cultura e comunicação são direitos básicos que devemos preservar. Por isso, ordenamos que a partir de agora haja planos inclusivos de benefícios básicos, universais e obrigatórios para quem tem menos”, escreveu Fernández em seu perfil no Twitter.

O presidente explicou que ordenou o “congelamento das tarifas de telefone, internet e TV paga até 31 de dezembro. Dadas as restrições que a pandemia nos impõe, ninguém deve abrir mão de parte de sua renda para fazer frente aos aumentos dos preços desses serviços”.

Os argentinos estão em isolamento social obrigatórios desde 20 de março. Com a suspensão das aulas presenciais, alunos mais pobres enfrentaram dificuldades para acompanhar as lições realizadas através da internet. No decreto que oficializou a medida, o governo argumentou que “o artigo 75 da Constituição Nacional estabelece que é dever indelegável do Estado assegurar o direito à educação sem discriminação alguma, bem como garantir os princípios do ensino público estatal gratuito e justo”.

O governo argentino já tinha determinado que, até o fim do ano, as empresas de telefonia fixa ou móvel, internet e TV a cabo não podiam interromper o serviço de alguns cidadãos por conta de atrasos ou não pagamento de até 3 faturas. Entre eles, beneficiários de programas assistenciais, que recebam seguro-desemprego e aposentados.

De acordo com o jornal La Nacion, as 3 maiores operadoras do país (Telecom, Movistar e Claro) disseram há 2 semanas que iriam aumentar as tarifas cobradas nos planos de telefonia móvel, internet e televisão. O aumento chegaria aos 11%.

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *