Amizade iniciada há 33 anos na faculdade permanece no serviço público e rende bons resultados

Desenvolver relacionamentos interpessoais no ambiente de trabalho é fundamental para ter uma boa produtividade, fazer networking e obter resultados satisfatórios, mas quando vamos além disso e fazemos grandes amizades, a nossa jornada de oito horas de trabalho fica mais leve, agradável e harmoniosa.

E é exatamente isso que acontece entre os servidores da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Gisele Lotfi Furquim e Samir Kalil Georges. Os dois se conheceram quando cursavam a faculdade de Educação Física em 1988, de lá para cá são 33 anos de amizade e muitos trabalhos com lotação em comum.

“Nós nos conhecemos na faculdade e, depois que os grupinhos foram formados, éramos sempre eu, a Ana Cristina, o Samir e o Helder. Acabou a faculdade e a gente sempre sendo o quarteto”, relembra Gisele.

“A gente nunca separou da mesma turminha, desde o início até a formatura. Em 1991, eu e a Gisele fizemos um concurso de forma despretensiosa e dois anos depois fomos chamados e passamos exercer a função dentro da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte”, diz Samir.

Gisele ainda complementa dizendo que passaram atuar “na mesma Secretaria e no mesmo departamento”. Apesar de pequenos hiatos, os dois servidores trabalharam juntos desde a nomeação no concurso e, mesmo cedidos para órgãos públicos diferentes, os dois sempre se encontravam em eventos institucionais.

Em 2015 e 2016, Samir e Gisele, respectivamente, receberam convite para atuarem na SAD em um setor que era específico para eventos e ações voltadas aos servidores públicos estaduais. “Quando viemos para o Governo, começamos a realizar os bailes, arraiás, caminhadas, palestras e campanhas de doação de agasalhos e brinquedos”, elenca Gisele.

Para ambos, a amizade de 33 anos garante uma forte sintonia e pode ser considerada fator primordial para o sucesso de todas as ações que realizaram nos últimos anos. “De uma forma ou de outra, se tiver um determinado trabalho, você vai cumprir. Mas se você tem alguém que já conhece, que já confia, que se dá bem dentro do departamento, a tendência é que o efeito seja potencializado”, destaca Samir.

Entretanto, os dois servidores também acreditam que é possível construir grandes amizades dentro do serviço público, mesmo começando a partir do zero, sem histórias anteriores à vivência profissional.

“Eu acho que quando você tem uma grande amizade dentro do seu setor, do seu trabalho, é inevitável que o serviço vai render melhor, justamente porque o entrosamento e a troca de ideias é boa, tende a fluir melhor”, opina Samir.

“Como nós trabalhamos em órgão público, nós passamos o maior tempo dentro do trabalho do que com família e se você não tem uma convivência harmoniosa com os colegas é difícil. E quando você tem e acha um parceiro que você pode contar, a coisa fica muito mais agradável e produtiva”, avalia Gisele.

E Samir complementa: “Da mesma forma que em um bom ambiente você consegue fazer um trabalho melhor, o oposto é evidente”, finaliza.

Fonte: Portal Servidor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *