ACP mobiliza e professores de Campo Grande iniciam paralisação da Rede Estadual de Ensino com atos em toda a cidade

A paralisação da REE (Rede Estadual de Ensino) começou nesta quarta-feira (02), com 90% das escolas fechadas e ações em todo o estado de Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, ACP mobiliza a categoria em todas as regiões da cidade, com atos de rua, panfletagens e diálogo com a população. Na quinta-feira (03), trabalhadores e trabalhadoras da educação de todo o Estado fazem protesto em Campo Grande, com concentração a partir das 9h, na praça do Rádio Clube.

Na manhã desta quarta-feira (02), os professores e professoras se concentraram, a partir das 8h, em frente a três escolas nas regiões dos bairros Moreninhas, Tijuca e Nova Lima. Após se reunirem, os educadores caminharam pelas ruas dos bairros, apresentando à população, os motivos que levaram os trabalhadores e trabalhadoras das escolas estaduais a pararem suas atividades por dois dias.

O protesto da educação conta com o apoio da sociedade. Em todos locais de panfletagem, as pessoas acolheram os educadores e buscaram entender melhor o desmonte que o governo Azambuja está promovendo na educação estadual.

“Nossa luta é em defesa da escola pública e respeito aos profissionais da educação. O governo Azambuja está promovendo um verdadeiro desmonte da educação estadual e destruindo direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, conquistados com muita luta. Nós não aceitamos desigualdade e redução de salário de professores. Não aceitamos o fim da gestão democrática nas escolas estaduais, por meio das eleições diretas para diretores. Lutamos pela qualidade da educação e respeito aos trabalhadores, estudantes e toda comunidade. Democracia não se negocia e educação se investe e valoriza”, afirma o presidente da ACP, professor Lucílio Souza Nobre.

Próximas ações

Ainda nesta quarta-feira (02), os professores voltam a dialogar com a população. A partir das 17h, a panfletagem acontece nas saídas de São Paulo (Rotatória da Coca-Cola), Cuiabá (frente ao mercado Smaniotto), Sidrolândia (trevo Imbirussu) e centro (Praça Ari Coelho).

Na quinta-feira (03), todos os trabalhadores em educação de MS se reúnem em Campo Grande. O protesto terá concentração a partir das 9h, na Praça do Rádio Clube.

“convocamos todos os educadores de Campo Grande, inclusive da REME que não esteja em sala de aula, para somar forças nas ações da paralisação. Veja a programação e participe no local de melhor acesso para você!”, convoca a vice-presidente da ACP, professora Zélia Aguiar.

(Por ACP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *