ONU “profundamente preocupada” com restrições ao asilo nos EUA

Trump disse que iria acabar com todas as proteções de asilo para a maioria dos migrantes que chegam à fronteira entre os Estados Unidos e o México.

A agência de refugiados da ONU diz estar “profundamente preocupada” com as novas restrições norte-americanas ao asilo, salientando que colocará as famílias vulneráveis em risco.

Os comentários da agência de refugiados da ONU foram feitos na segunda-feira depois de o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, ter dito que ia acabar com todas as proteções de asilo para a maioria dos migrantes que chegam à fronteira entre os Estados Unidos e o México.

A regra deve entrar em vigor nesta terça-feira e vai afetar muitos refugiados que fogem da violência e da pobreza na América Central.

De acordo com o plano, os migrantes que passarem por outro país – neste caso, o México – a caminho dos Estados Unidos não poderão receber asilo.

Segundo o ACNUR, a regra restringe excessivamente o direito de solicitar asilo e ameaça o direito de não ser enviado de volta a países onde as pessoas poderiam enfrentar perseguição.

(Por Sabado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *