Relator da Previdência não vê motivos para ceder a categorias policiais

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), disse nesta segunda-feira não ver necessidade em mais flexibilizações nas regras de aposentadoria de categorias policiais, mas se colocou à disposição para debater o assunto.

Moreira reúne-se no fim da tarde desta segunda-feira com representantes da União dos Policiais do Brasil, na residência oficial da presidência da Câmara dos Deputados. “Acho que tem setores que estão relativamente, eu diria, que bem preservados”, disse o relator, ao chegar para o encontro. “Eu acho que não há necessidade, especialmente neste assunto que vamos discutir, de qualquer concessão. Mas é bom discutir, debater”, afirmou o deputado.

Segundo ele, o parecer já apresentado chegou a um ponto “muito adequado” no mérito, e as categorias do setor público estão “atendidas”. “Não tem sacrifício. Eu acho que sacrifício é ficar desempregado.” Moreira firmou que está mantida a leitura de seu voto complementar na terça-feira, embora até mesmo essa previsão esteja aberta “para o debate”.

Ao chegar para a reunião, o líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou que a intenção do encontro é chegar a um acordo para que integrantes do seu partido, ligados à categoria policial, possam desistir de tentar votar uma emenda sobre o assunto separadamente.

(Por Exame)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *