Além de irmão de ex-senadora, PF investiga engenheiro promovido a “2º secretário da Educação”

Um dos cinco servidores investigados na Operação Nota Zero, da Polícia Federal, é o engenheiro civil Paulo Henrique Malacrida, diretor-geral de Infraestrutura, Administração e Apoio Escolar da Secretaria Estadual de Educação. Integrante da administração tucana desde 1ª de janeiro de 2015, ele foi promovido a secretário especial este ano pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Malacrida é acusado de integrar a organização criminosa, formada por 13 pessoas e 11 empresas, criada para fraudar contratos e desviar recursos da educação. Os contratos investigados somam R$ 9,6 milhões.

Malacrida é acusado de integrar a organização criminosa, formada por 13 pessoas e 11 empresas, criada para fraudar contratos e desviar recursos da educação. Os contratos investigados somam R$ 9,6 milhões.

(Fonte: O Jacaré)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *